Bem-vindo: 23 Out 2017, 04:39



Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ 12 mensagens ] 
Autor Mensagem
 Título: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 10 Mai 2012, 18:46 
Offline
Citar mensagem
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: 15 Set 2010, 09:11
Mensagens: 7717
Localização: chapeco sc
Curtiu: 33 vezes
Recebeu Curtir: 69 vezes
Apelido: Ramon Brescovici
Cidade: chapeco
País: brasil
Olá.

Então você passou a querer um aquário MARINHO e se pergunta o que é necessário.
E posteriormente você se perguntará: "o que posso criar".
Tudo isso traz a questão, "quanto vou gastar".

Vou tentar esquematizar (e não responder, pois não há como responder com presteza as questões, mas sim sugerir uma resposta).
Como dito pelo amigo Arnaldo Pieruccini, "Só as coisas ruins acontecem rápido no seu aquário, as coisas boas demoram"
Obs.: quando abreviações se apresentarem em azul, bote o mouse em cima e leia a explicação.


1º - local do aquário, espaço, e dimensões.
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte http://brasilreef.com/viewtopic.php?f=45&t=10006 )
1.1 tomando sol: não. um dos maiores problemas para aquaristas é o controle de temperatura.
1.2 na cozinha, ao lado da frigideira: melhor não. A gordura se mistura à água, dificultando o trabalho da filtragem.
1.3 num apartamento: seu aquário é grande, contate um engenheiro pra ter certeza de não dar problema.
1.4 o móvel: certifique-se de que aguenta o peso.
1.5 o espaço acima do aquário: acima do aquário deve haver espaço para manusear rochas e equipamentos que entrem e saiam da água. não tenha uma rocha maior que o espaço entre o vidro e a luminária. se for o caso, faça uma tampa ou luminária facilmente destacável/dobrável/afastável.
1.6 o espaço embaixo do aquário: o espaço inferior geralmente é usado para outro recipiente menor que o aquário, chamado de SUMP, onde se escondem os equipamentos. Dele deve haver o retorno ao aquário por uma bomba.
1.7 o sistema de resfriamento chamado chiller necessita captar ar frio na admissão, e precisa de espaço livre na 'exaustão' (alguém pode indicar os termos corretos?). Isto ocasionará consumo menor de energia. chiller dentro do móvel sem circulação boa de ar: não!



2º - o aquário
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte http://brasilreef.com/viewtopic.php?f=45&t=995 )
2.1 volume: é calculado multiplicando comprimento por altura por largura. Sempre que se falar em volume real é para descontar o volume das rochas e substrato, e aquela parte que não tem água no topo do aquário (geralmente se aproxima dos 5 cm) . O volume, em si, nao sofre estes descontos. Se calcular em centímetros leve em consideração que 1 litro = 1.000 cm3. Um galão é aproximadamente 3,78 litros.
2.2 material: vidro ou acrílico e SILICONE QUE NÃO TENHA ANTI-MOFO, ANTI-FUNGO, OU FUNGICIDA (nomes comumente usados). em si, procure silicones para aquário. durepoxi SEM AMIANTO também pode ser usado para um caso de emergência, ou em local que não fique aparente, pois o durepoxi dificilmente será tirado depois de posto.
2.3 altura: a altura de um aquário influenciará direta e grandemente no quesito iluminação. se seu projeto prima por menor custo, não passe dos 50cm de altura. se pretende fazer luminária de led e não tem muita experiência, ou comprar uma luminária de led barata, ou ainda, uma luminária de led sem lentes, não passe dos 40 cm de altura.



3º - a iluminação: tipos e quantidade de watts.
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte http://brasilreef.com/viewtopic.php?f=45&t=1790 )
Obs.: a iluminação fornece alimento para os corais, que por sua vez necessitam de 8 horas de escuro.
3.1 - T8: não tem grande eficiência, por causa do tamanho do bulbo, que não distribui a luz como o potencial da t5 permite. É necessário refletor individual, de preferencia oitavado.
3.2 - t5: bastante em voga no momento devido à facilidade de acesso, preço inicial acessível. é necessário refletor individual, de preferencia oitavado.
3.3 HQI: deve ser evitada em locais quentes e abafados, pois produz muito calor. Muitos dizem serem superiores em seus resultados.
3.4 led: menor custo em energia elétrica, maior para a compra do produto. DEVE ter lente.
A iluminação deve se aproximar a 1 watt por litro, exceto para leds, que poderia ser de 0,4 a 0,8 watts por litro. Para sps: aproximar de 2 watts por litro.



4º - a cor da iluminação:
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte http://brasilreef.com/viewtopic.php?f=45&t=1790 e http://brasilreef.com/viewtopic.php?f=45&t=10006 )
4.1 temperatura da cor: o espectro da luz medido em graus Kelvin se refere à cor aparente da lâmpada.
4.2 faixa de luz: a frequência de onda mede em namometros o espectro real da emissão luminosa. Os corais absorvem luz na faixa de 350 nm a 750 nm. Não necessariamente uma lâmpada emitirá apenas um comprimento de onda.
4.2.1 faixa amarela: lâmpadas de 3.500 kelvin até +- 6.500 kelvin. não é muito indicada para corais
4.2.2 faixa branca: lâmpadas de 6.500k até 10.000k.
4.2.3 faixa azulada: de 10.000k a 15.000k.
4.2.4 faixa rosa: próximo a 18.000k
4.2.5 faixa azul actínico, acima de 20.000k (TODAS AS FAIXAS ESTAO APROXIMADAS E SEGUNDO O QUE LEMBRO DE MEMÓRIA)
A TEMPERATURA DE COR É UM MODO BÁSICO DE ENTENDER A COR DA LAMPADA. A análise ideal deve ser feita em faixa de luz (nm).



5 - a água
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte http://brasilreef.com/viewtopic.php?f=45&t=1013 )
As opções são: água natural, e água artificial.
5.1 NÃO PODE USAR QUALQUER SAL, deve ser específico para aquário marinho. Ainda há a divisão de sais para aquários de peixes (fish only, ou apenas FO) e sais para aquários de corais (geralmente chamados sais "pró" e similares). Inicialmente a diferença se nota na quantidade de mg, ca, e ra que se obtém misturando o sal com água doce.
Obs.: NUNCA, MAS NUNCA MESMO, ADICIONE SAL EM ÁGUA QUE CONTENHA ANIMAIS, dissolva muito bem antes.
5.2 água da torneira: não é apropriada. Obviamente pode ser usada, mas tende a deixar o aquário feio, pois com a falta de qualidade da agua encanada se abastecem de nutrientes os seres indesejados. As opções mais comuns são montar um filtro DI (deionizador) ou comprar um filtro RO/DI (reverse osmose + deionizador), ou apenas RO. O filtro DI DIY (do it yourself = faça você mesmo) é barato e fácil de fazer. O equipamento para medir a quantidade de partículas da água é o TDS.
5.3 Parâmetros: ANTES de colocar os primeiros seres vivos, os parâmetros devem ser acertados, e o seu entendimento sobre o ciclo do nitrogênio deve estar na ponta da língua. Para tanto, não será esquematizado, devendo você consultar e entender o tópico "qualidade da água", em http://brasilreef.com/viewtopic.php?f=45&t=996
5.3.1 salinidade (quantidade de sal dissolvido na água a 25º Celsius): tendo a água (doce) pura o parâmetro 0 ppt., que equivale a gravidade específica de 1.000. A água própria para aquário marinho varia entre 30 e 35 ppt, e em gravidade específica 1.022 a 1.026. Se for aquário de corais, primar por 34 ppt, ou 1.025 ppm. O equipamento para mensura apropriado se chama Refratômetro.
5.3.2 PH: está ligada diretamente à ra. Tem bom resultado entre 7.8 e 8.5. Mas o ideal gira em torno de 8.1 a 8.4. Costuma ter queda brusca anoite. Deve ser monitorado dia e noite até "pegar o jeito". Existem testes, e equipamentos digitais de mensura.
5.3.3 Amônia (NH3) (tóxico): O valor ideal é 0 mg/l. Para a medição do nível de amônia, adquira um kit de teste.
5.3.4 Nitrito (NO2-) (tóxico): Valor ideal é 0 mg/l. Valor máximo tolerável é 0,1 mg/l. adquira um kit de teste ou teste na loja próxima à sua casa.
5.3.5 Nitrato (NO3-) (tóxico, porém menos que amônia e nitrito): Os animais toleram bem níveis de nitrato de até 10 mg/l, porém, o valor ideal é 0 mg/l.



6 Temperatura
Talvez a maior dor de cabeça dos aquaristas, mesmo que muitas vezes ela é a vilã que não tá permitindo seu aquário 'decolar', mas o aquarista não sabe disso.
6.1 A temperatura de um aquário de corais e/ou anêmonas deve ficar entre 23oC até 27oC
6.2 Aquecedor/termostato: em locais muito frios, tente chegar próximo a 2 watts por litro de água. Se você mora em São Joaquim - SC, terra da neve, conte com mais watts. Os sensores de temperatura de termostatos NÃO SÃO CONFIÁVEIS, devendo haver um controlador de temperatura com dupla função: uma para esfriamento, e uma para aquecimento.
6.2 Ventiladores: mesmo que esteja um bafo quente no ambiente, eles ajudam a diminuir a temperatura do aquário. dê preferência pra unidades de pás grandes, e os posicione por volta de 30 º de inclinação em relação ao eixo horizontal. podem ser usados mesmo que você tenha um chiller, para diminuir o trabalho do mesmo.
6.3 chiller: se você mora em local quente, será necessário. é como uma geladeira para aquário. NÃO PODE TER COBRE EM CONTATO COM A ÁGUA, além de outros materiais que também não são apropriados, pesquise antes de montar o seu, ou de fazer uma 'gambiarra'.



7 filtragem
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte http://brasilreef.com/viewtopic.php?f=45&t=998 )
7.1 shark bag e lã de vidro (perlon): são usados para tirar partículas suspensas na água. Dependem do aquarista os retirar e lavar. Não os deixe instalados se for viajar e deixar 'alguém' cuidando do seu aquário.
7.2 carvão ativado: retira impurezas da água, colaborando em casos de turbidez, amarelamento ou guerra química entre corais. muitos defendem uso constante, outros indicam uma semana por mês. Fala-se em 1 litro de carvão ativado para X litros do aquário.
7.3 skimmer, ou escumador: o coração de um aquário com peixes. aconselha-se equipamento com potência indicada para 3x o volume do seu aquário. exemplo: meu aquário tem 100 litros, procurarei um skimmer para 300 litros. para aquários em que se deseja uma água totalmente sem carga orgânica, se fala em um máximo de 10x o volume do aquário. no caso do exemplo, procuraria um skimmer para 1000 litros.
demais sistemas filtrantes, como bio balls e afins, não devem entrar no esquema, pois exigem que você pesquise muito a respeito.
7.4 rocha viva: a filtragem oferecida pelas rochas vivas é essencial ao aquário. ali se alojam as bactérias que irão 'se livrar' de uma parte dos restos orgânicos em suspensão na agua. fala-se em 10 até 25%, em 1 kg, do volume do aquário. exemplo: aquário de 100 litros, usaria de 10 kg a 25 kg de rochas. em si, o peso é utilizado por facilitar a conta, mas o volume também importa, já que há muita variação de peso entre uma rocha maciça e uma 'aerada'. fala-se também que o ideal é kg de rocha a cada 5 litros d’água.



8 - Equipamentos: onde colocá-los?
8.1 definição de SUMP: é o local que vai esconder quase todo o equipamento que você não irá querer no seu aquário. é um aquário à parte, e geralmente feito para ser espaçoso e fácil de limpar. a água deve cair até ele por gravidade, e, por consequência, ele deve suportar todo o volume de água que virá do aquário.
8.2 o volume do sump também deve ser considerado para cálculos de reposição de elementos.
8.3 o aquecedor deve ser posto em local de grande circulação, assim como o sensor de temperatura, ou termômetro.
8.4 o perlon, para atingir o máximo de eficiencia, deve não estar imerso nágua, e receber água de cima e através.



9 - Cuidados e Atenções
9.1 NÃO É NECESSÁRIO INSTALAR REATOR DE CÁLCIO NO INÍCIO DO PROCESSO. Recomenda-se, fazer uso de reposição de elementos através de TPA (troca parcial de água) de 10% até 25%, dependendo da frequência. (recomendo o meio termo, 15 a 20% a cada 15 dias)
9.2 Reposição/suplementação/alimentação: não dose nada sem um kit de teste, e não alimente os corais na fase inicial do aquário.
9.3 repondo cálcio e alcalinidade: nunca os dose sem testar AMBOS. de preferencia, acompanhe com teste de magnésio. AO AUMENTAR O CÁLCIO, A ALCALINIDADE DIMINUI. portanto, cuidado!
9.4 efeito sifão (para comunicação entre aquário e sump/refugio/mudário/qualquer sistema comunicado hidraulicamente): se você não montou um sistema de segurança (check system) ao desligar o retorno de água de algum recipiente mais baixo até o mais alto, será sugada toda a água até o primeiro contato do cano de retorno com o ar. este volume irá rapidamente ao recipiente mais baixo. assim, toda vez que instalado sistema hidráulico, deve-se simular a queda de energia, e posicionar a parte hidráulica do retorno ao ponto mais alto em posição que não sugue mais água que caiba no recipiente abaixo.
9.5 Corais sempre submersos: simule queda de luz, desligando os aparelhos. confira se nenhum coral fica fora d’água, ao mesmo tempo, confira que não haja alagamento do seu piso.
9.6 Lave as mãos antes de tocar corais. de preferencia, lave as mãos antes de fazer qualquer coisa no aquário, ENXAGUANDO BEM PARA RETIRAR O SABÃO.
9.7 é necessário haver SURFACE SKIMMING, em outras palavras, é preciso colher a nata que se cria na superfície de um aquário.


10 -Primeiras manutenções
10.1 . troca parcial de água. se voce fizer água em casa, com o uso de um densímetro confiável, mas de preferência um refratometro, deve oxigenar a água antes de a colocar onde haja animais vivos.
10.2 quando precisa repor elementos: somente quando, com testes confiáveis, detectar a necessidade. NUNCA DOSE NADA QUE NÃO TENHA TESTADO, E SAIBA QUANTO DOSAR.
10.3 shark bag e perlon devem ser lavados/trocados a cada tres dias. Não deve haver acúmulo de sujeira no sump.





preço do aquário.
segue um exemplo do amigo augusto carrera

AQUARIO 150X40X50 C/ OVERFLOW...............R$ 500,00
CHILLER....................................................R$ 1.000,00 (questionável em locais frios)
MÓVEL FORMICADO.....................................R$ 800,00
SKIMMER BASSO 600L..................................R$ 550,00
LUMINÁRIA................................................R$ 200,00
6 LÂMPADAS T5 54W...................................R$ 180,00
3 REATORES T5 2X54W...............................R$ 300,00
SUMP......................................................R$ 300,00
BOMBA RECALQUE 2000L..............................R$ 150,00
2 BOMBAS CIRCULAÇÃO 3000L......................R$ 200,00
50KG ROCHAS VIVAS..................................R$ 450,00 (constuma ser mais caro)
60KG ARAGONITA.......................................R$ 240,00
TESTES...................................................R$ 400,00
TERMOMETRO............................................R$ 30,00 (os mais simples custam 4 reais +-)
TERMOSTATO............................................R$ 100,00 (varia também devido a clima onde voce mora, neste é um caso de local quente)
TEMPORAZADOR.........................................R$ 100,00
DENSÍMETRO.............................................R$ 50,00 NÃO RECOMENDO. PREFIRA REFRATOMETROS.
SAL SINTÉTICO..........................................R$ 160,00 (capaz de render +- 300 litros)
ALIMENTADOR AUTOMÁTICO.........................R$ 80,00 NÃO RECOMENDO, DEVIDO A ACIDENTES QUE PODEM SER FATAIS AOS ANIMAIS
FILTRO DEIONIZADOR..................................R$ 200,00
DIVERSOS..................................................R$ 500,00
TOTAL.....................................................R$ 6.490,00


espero ter ajudado.

_________________
embora injúrias, insolências e insultos de todo gênero jorrem com inesgotável espontaneidade da alma humana, é infelizmente verdade que nem sempre nos vem à mente no momento exato o impropério mais bem-soante ou a ofensa mais pertinente
Schoppenhauer


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 10 Mai 2012, 18:54 
Offline
Citar mensagem
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: 15 Set 2010, 09:11
Mensagens: 7717
Localização: chapeco sc
Curtiu: 33 vezes
Recebeu Curtir: 69 vezes
Apelido: Ramon Brescovici
Cidade: chapeco
País: brasil
pessoal, sintam-se a vontade pra corrigir, opinar, e principalmente, complementar.

apenas indique o número que acha adequado complementar no texto. exemplo:

10.4 - as lâmpadas também necessitam manutenção, QUANDO FRIAS, nao molhe um bulbo ou refletor enquanto estiver quente ou em funcionamento.

_________________
embora injúrias, insolências e insultos de todo gênero jorrem com inesgotável espontaneidade da alma humana, é infelizmente verdade que nem sempre nos vem à mente no momento exato o impropério mais bem-soante ou a ofensa mais pertinente
Schoppenhauer


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 10 Mai 2012, 19:03 
Offline
Citar mensagem
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: 12 Nov 2011, 16:05
Mensagens: 6249
Imagens: 0
Localização: Santo André
Curtiu: 84 vezes
Recebeu Curtir: 107 vezes
Apelido: Raphael Igor
Data de Nascimento: 11 Dez 1984
Cidade: Santo André
País: Brasil
Ramon esse vou ler na integra hoje anoite, + os links indicados, mas parabéns pelo tópico icon_joia


Voltar ao topo
 Perfil Álbum pessoal  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 10 Mai 2012, 19:04 
Offline
Citar mensagem
Pseudanthias Flavoguttatus
Pseudanthias Flavoguttatus
Avatar do usuário

Registrado em: 08 Mar 2011, 22:35
Mensagens: 4059
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 8 vezes
Recebeu Curtir: 11 vezes
Apelido: Gui
Data de Nascimento: 23 Out 1998
Cidade: Rio de Janeiroo
País: Brasil
Excelente tópico Ramon!Tem que ser fixo e colocar nos de referência também!
Abração!

_________________
Meu Reef antigo.
_______________
viewtopic.php?f=99&t=19933
_____________________
Meu Reef atual G.B Reef
____________________
viewtopic.php?f=25&t=21784
________
Abraços!!


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 10 Mai 2012, 19:06 
Offline
Citar mensagem
Pseudanthias Flavoguttatus
Pseudanthias Flavoguttatus
Avatar do usuário

Registrado em: 08 Mar 2011, 22:35
Mensagens: 4059
Localização: Rio de Janeiro
Curtiu: 8 vezes
Recebeu Curtir: 11 vezes
Apelido: Gui
Data de Nascimento: 23 Out 1998
Cidade: Rio de Janeiroo
País: Brasil
Que preço é esse do aquário???Muito barato e busca extamente as medidas que quero...

_________________
Meu Reef antigo.
_______________
viewtopic.php?f=99&t=19933
_____________________
Meu Reef atual G.B Reef
____________________
viewtopic.php?f=25&t=21784
________
Abraços!!


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 11 Mai 2012, 17:51 
Offline
Citar mensagem
Pseudocheilinus hexataenia
Pseudocheilinus hexataenia

Registrado em: 27 Mai 2011, 09:29
Mensagens: 31
Curtiu: 0 vez
Recebeu Curtir: 0 vez
Apelido: Gene
Data de Nascimento: 17 Abr 1983
Cidade: Maceió
País: Brasil
Ramon, excelente tópico, era justamente o q eu tava procurando, minha dúvida é exatamente sobre a questão da falta de energia (ainda naõ montei o aquario, tenho um plantado e pretendo modificar p/ marinho), pode me falar mais sobre o efeito sifão, e como evitar o transbordamento do sump? abraço!


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 11 Mai 2012, 18:22 
Offline
Citar mensagem
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: 15 Set 2010, 09:11
Mensagens: 7717
Localização: chapeco sc
Curtiu: 33 vezes
Recebeu Curtir: 69 vezes
Apelido: Ramon Brescovici
Cidade: chapeco
País: brasil
quando cai a energia, a tubulação do recalque, pelo efeito sifão, vai esvaziando o aquário até entrar ar na tubulação

veja
viewtopic.php?f=45&t=13799&p=140337&hilit=efeito+sif%C3%A3o+sump#p140337

assim:

vc tem a bomba de retorno no sump. ela leva agua atraves de um cano ou mangueira. se vc botar o fim desse cano ou mangueira no aquário, e afundar até encostar no substrato, seu substrato vai ser puxado pro sump quando desligar a bomba.

por isso o cano de retorno deve estar poucos centimetros afundado na agua, e com dois furinhos alguns milimetros abaixo dagua.

se seu sump for grande ele vai guentar toda a agua que puxa. se seu sump for pequeno, ferrou.

se seu skimmer esta para funcionar a determinada altura dagua, e desligando o retorno, voltando agua pra dentro do sump, se a parte em que estiver o skimmer aumentar o nível dagua, o skimmer vai transbordar

entoa o correto seria voce deixar grande o espaço de retorno ao aquario, pra que possa suportar a agua que vai descer em caso de desligamento da bomba, e para que nao eleve o nível no quadrado do skimmer.

_________________
embora injúrias, insolências e insultos de todo gênero jorrem com inesgotável espontaneidade da alma humana, é infelizmente verdade que nem sempre nos vem à mente no momento exato o impropério mais bem-soante ou a ofensa mais pertinente
Schoppenhauer


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 11 Mai 2012, 23:13 
Offline
Citar mensagem
Moderador Global
Moderador Global
Avatar do usuário

Registrado em: 21 Jun 2009, 21:38
Mensagens: 13923
Imagens: 2
Localização: Saude - Zona Sul
Curtiu: 187 vezes
Recebeu Curtir: 360 vezes
Apelido: Celso I Suguimoto
Data de Nascimento: 27 Mai 1969
Cidade: São Paulo
País: Brasil
Vou deixar esse topico fixo

_________________
ReefCelsois III

viewtopic.php?f=25&t=40539

Evoluir é reconhecer nossos erros. Não para consertá-los, mas para não repetí-los. (Amanda Chakur)


Voltar ao topo
 Perfil Álbum pessoal  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 12 Mai 2012, 11:25 
Offline
Citar mensagem
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: 04 Out 2009, 10:28
Mensagens: 4056
Imagens: 5
Localização: São Paulo - Zona Norte
Curtiu: 22 vezes
Recebeu Curtir: 87 vezes
Apelido: Dinho
Ramon

Muito bom o tópico. Obrigado pela menção do meu tópico. Vou "linkar" o seu tópico no que eu criei para ficar mais completo também.

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil Álbum pessoal  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 12 Mai 2012, 23:34 
Offline
Citar mensagem
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: 15 Set 2010, 09:11
Mensagens: 7717
Localização: chapeco sc
Curtiu: 33 vezes
Recebeu Curtir: 69 vezes
Apelido: Ramon Brescovici
Cidade: chapeco
País: brasil
:D

favor algum moderador substituir o texto da primeira mensagem por este:

Olá.

Então você passou a querer um aquário MARINHO e se pergunta o que é necessário.
E posteriormente você se perguntará: "quanto vou gastar".

Vou tentar esquematizar alguns itens em forma de sugestão (e não responder, pois não há como responder com presteza as questões).
Como dito pelo amigo Arnaldo Pieruccini, "Só as coisas ruins acontecem rápido no seu aquário, as coisas boas demoram".
Obs.: Quando abreviações se apresentarem em azul, bote o mouse em cima e leia a explicação.


1º - Local do aquário, espaço e dimensões.
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte viewtopic.php?f=45&t=10006 )
1.1 Espaço: Reserve um espaço com folga para o entorno do aquário. O ideal é ter acesso a todos os lados, e de preferência não instalar nada em cima.
1.2 Ao Sol: Não é recomendado que o aquário fique exposto ao sol por dificultar o controle da temperatura. (Diz-se que o Sol favorece algas indesejadas)
1.3 Na cozinha: Evite proximidade com o fogão, para que o ar gorduroso não acabe por chegar à água e prejudicar a filtragem.
1.4 Apartamento: Tome precauções para saber se a lage segura o peso, procure por um engenheiro.
1.5 Móvel: Certifique-se de que o mesmo aguente o peso. É recomendado um móvel próprio para tal fim, e evite desníveis. Recomendo usar uma folha de isopor entre o aquário e o móvel.
1.6 Espaço superior: Deve haver espaço para manusear rochas e equipamentos que entrem e saiam da água. Também para manusear itens internos da luminária. Não tenha uma rocha maior que o espaço entre o vidro e a luminária. se for o caso, faça uma tampa ou luminária facilmente destacável, dobrável, afastavel.
1.7 Espaço inferior: geralmente é usado para outro recipiente menor que o aquário, chamado de SUMP (Casa de Maquinas), onde se escondem os equipamentos e sistema de filtragem e tratamento da agua. A água deve descer do aquário para ele, nele ser tratada pelos diversos meios que veremos mais a frente e quando chegar em determinado momento ter o retorno para o aquário através de uma bomba.
1.8 Resfriamento: O sistema de resfriamento é normalmente feito de 2 maneiras, utilizadas em conjunto ou não:
1.8.1- Ventuinhas ou Ventiladores, intalam-se ligados a 1 controlador de temperatura, apontado em um ângulo de 30° graus da água. Recomendado, mesmo para cidades "frias". Baixo custo, mas pode não ser suficientes.
(controlador de temperatura: quando a temperatura do aquário atinge um valor estipulado, ligam-se os ventiladores até que reduza a temperatura)
1.8.1- Chiller: Não deve coloca-lo dentro do móvel e nem junto ao sump. Importante frizar que apesar do custo, garante o sossego do aquarista quanto à este importante fator: temperatura.

2º - O aquário
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte viewtopic.php?f=45&t=995 )
2.1 Volume: É calculado multiplicando comprimento por altura por largura. Sempre que se falar em volume real deve se descontar o volume das rochas e substrato, e aquela parte que não tem água no topo do aquário (geralmente se aproxima dos 5 cm) . Se calcular em centímetros leve em consideração que 1 litro = 1.000 cm3. Em alguns locais (principalmente texto em inglês) se encontra uma medida em galão, cada galão corresponde a aproximadamente 3,78 litros.
2.2 Material: Vidro ou acrílico e SILICONE QUE NÃO TENHA ANTI-MOFO, ANTI-FUNGO, OU FUNGICIDA (nomes comumente usados), Em si, procure silicones para aquário. Em caso de emergência para pequenos reparos pode-se utilizar durepoxi SEM AMIANTO. ou em local que não fique aparente, pois o durepoxi dificilmente será retirado depois.
2.3 Altura: A altura de um aquário influenciará direta e grandemente no quesito iluminação. se seu projeto prima por menor custo, não passe dos 50cm de altura, se pretende fazer luminária de led e não tem muita experiência, ou comprar uma luminária de led barata, ou ainda uma luminária de led sem lentes, não passe dos 40 cm de altura.


3º - A iluminação: Tipos e quantidade de watts.
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte viewtopic.php?f=45&t=1790 )
Obs.: a iluminação fornece alimento para maioria dos corais, que por sua vez necessitam de 8 horas de escuro.
3.1 - T8: não tem grande eficiência, por causa do tamanho do bulbo, que não distribui a luz como o potencial que a t5 permite. É necessário refletor individual, de preferencia oitavado.
3.2 - T5: bastante em voga no momento devido à facilidade de acesso e preço inicial acessível. É necessário refletor individual, de preferencia oitavado. Consumo de energia Médio/Alto.
3.3 HQI: Deve ser evitada em locais quentes e abafados, pois produz muito calor. Muitos dizem serem superiores em seus resultados, preço inicial acessível. É nescessario refletor individual. Consumo de energia Alto.
3.4 LED: Menor custo em energia elétrica, maior para a compra do produto. DEVE ter lente. Dizem que a economia de energia a longo prazo compensa o alto investimento.
3.5 Quantidade: A iluminação deve se aproximar a 1 watt por litro, exceto para leds, que poderia ser de 0,4 a 0,8 watts por litro.
3.6 SPS: aproximar de 2 watts por litro, preço inicial muito alto. Consumo e energia Muito Baixo.

4º - A Cor da Iluminação: Na hora de escolher a lâmpada.
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte viewtopic.php?f=45&t=1790 e viewtopic.php?f=45&t=10006 )
4.1 Temperatura da Cor: O espectro da luz medido em graus Kelvin se refere à cor aparente da lâmpada.
4.2 Faixa de Luz: A frequência de onda mede em namometros o espectro real da emissão luminosa. Os corais absorvem luz na faixa de 350 nm a 750 nm. Não necessariamente uma lâmpada emitirá apenas um comprimento de onda.
4.2.1 Faixa Amarela: Lâmpadas de 3.500 kelvin até +- 6.500 kelvin. não é muito indicada para corais
4.2.2 Faixa Branca: Lâmpadas de 6.500k até 10.000k.
4.2.3 Faixa Azulada: De 10.000k a 15.000k.
4.2.4 Faixa Rosa: Próximo a 18.000k
4.2.5 Faixa Azul Actínico: Acima de 20.000k (TODAS AS FAIXAS ESTAO APROXIMADAS E SEGUNDO O QUE LEMBRO DE MEMÓRIA)
A TEMPERATURA DE COR É UM MODO BÁSICO DE ENTENDER A COR DA LAMPADA. A análise ideal deve ser feita em faixa de luz (nm).

5 - A Água: Natural, coletada, ou Artificial, com sal sintético.
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte viewtopic.php?f=45&t=1013 )
5.1 Água Natural: Trata-se de água coletada do mar, mas dependendo do local e do momento em que essa água é coletada pode estar em péssimas condições para o aquário. Recomendam-se alguns cuidados:
5.1.1 Coleta: 1)Se possível coletar água de locais afastados das margens 2) Evite coletar caso tenha chovido 2 dias antes. 3) Em caso de coleta em praia, evitar praias de alta circulação de pessoas. 4) Evite a estocagem de água coletada. Em caso de estocagem use barris bem fechados, sem calor ou influencia do sol.
5.2 Água Artificial: NÃO PODE USAR QUALQUER SAL. Há maior facilidade de controle de parâmetros. A água retirada de DI e/ou RO deve ser misturada ao sal sintético (próprio para aquarismo) na proporção indicada pelo fabricante, sempre em recepiente separado. Cerca de 2 a 12 horas misturando com a ajuda de uma bomba que cause bastante turbilhão, para dissolver o sal.
NUNCA ADICIONE SAL DIRETO A UM AQUARIO QUE CONTENHA ANIMAIS VIVOS.
5.2.1 Água da Torneira, para a mistura, não é apropriada, tende a deixar o aquário feio, pois com a falta de qualidade da água encanada se abastecem de nutrientes os seres indesejados. As opções mais comuns são montar um filtro DI (deionizador) ou comprar um filtro RO/DI (reverse osmose + deionizador), ou apenas RO. O filtro DI DIY (do it yourself = faça você mesmo) é barato e fácil de fazer. O equipamento para medir a quantidade de partículas da água é o TDS.
5.3 Parâmetros: ANTES de colocar os primeiros seres vivos, os parâmetros devem ser acertados, e o seu entendimento sobre o ciclo do nitrogênio deve estar na ponta da língua. Para tanto, não será esquematizado, devendo você consultar e entender o tópico "qualidade da água", em viewtopic.php?f=45&t=996
5.3.1 Salinidade (quantidade de sal dissolvido na água a 25º Celsius): tendo a água (doce de RO ou DI) pura o parâmetro 0 ppt., que equivale a gravidade específica de 1.000. A água própria para aquário marinho varia entre 30 e 35 ppt, e em gravidade específica 1.022 a 1.026. Se for aquário de corais, primar por 34 ppt, ou 1.025 ppm. O equipamento para mensura apropriado se chama Refratômetro.
5.3.2 PH: Está ligada diretamente à Reserva Alcalina. Deve estar entre 7.8 e 8.5. Mas o ideal gira em torno de 8.1 a 8.4. Costuma ter queda brusca anoite. Deve ser monitorado dia e noite até "pegar o jeito". Existem testes, e equipamentos digitais de mensura.
5.3.3 Amônia (NH3) (tóxico): O valor ideal é 0 mg/l. Para a medição do nível de amônia, adquira um kit de teste ou teste na loja próxima à sua casa.
5.3.4 Nitrito (NO2-) (tóxico): Valor ideal é 0 mg/l. Valor máximo tolerável é 0,1 mg/l. adquira um kit de teste ou teste na loja próxima à sua casa.
5.3.5 Nitrato (NO3-) (tóxico, porém menos que amônia e nitrito): Os animais toleram bem níveis de nitrato de até 10 mg/l, porém, o valor ideal é 0 mg/l.

6 Temperatura
Talvez a maior dor de cabeça dos aquaristas, mesmo que muitas vezes ela é a vilã que não tá permitindo o aquário 'decolar', mas o aquarista não sabe disso.
6.1 A temperatura de um aquário de corais e/ou anêmonas deve ficar entre 23oC até 27oC.
6.2 Aquecedor/termostato: em locais muito frios, tente utilizar a proporção de 2 watts por litro de água. Se você mora em São Joaquim - SC, terra da neve, conte com mais watts. Os sensores de temperatura de termostatos NÃO SÃO CONFIÁVEIS, devendo haver um controlador de temperatura com dupla função: uma para esfriamento, e uma para aquecimento. (Ideal utilizar o mesmo controlador utilizado no chiller, ventuinhas e/ou ventiladores)
6.2 Ventiladores: mesmo que esteja um bafo quente no ambiente, eles ajudam a diminuir a temperatura do aquário. Dê preferência pra unidades de pás grandes, e os posicione por volta de 30 º de inclinação em relação ao eixo horizontal. Podem ser usados mesmo que você tenha um chiller, para diminuir o trabalho do mesmo. (Lembrando que ventiladores aceleram a evaporação da água).
6.3 Chiller: Se você mora em local quente, será necessário, é como uma geladeira para aquário. NÃO PODE TER COBRE EM CONTATO COM A ÁGUA, além de outros materiais que também não são apropriados, pesquise antes de comprar, montar o seu, ou de fazer uma 'gambiarra'.

7 Filtragem
(se você deseja um texto não esquematizado, consulte viewtopic.php?f=45&t=998 )
7.1 Shark Bag e Lã de Vidro (Perlon): São usados para tirar partículas suspensas na água. Dependem do aquarista os retirar e lavar. Não os deixe instalados sem limpeza ou troca por períodos supeiores a 4 ou 5 dias, se for viajar e deixar 'alguém' cuidando do seu aquário, previna-se e retire-os.
7.2 Carvão Ativado: Retira impurezas da água, colaborando em casos de turbidez, amarelamento ou guerra química entre corais. muitos defendem uso constante, outros indicam uma semana por mês.
7.3 Skimmer ou Escumador: O coração de um aquário com peixes, aconselha-se equipamento com potência indicada para 3x o volume do seu aquário. Exemplo: meu aquário tem 100 litros, procurarei um skimmer para 300 litros, para aquários em que se deseja uma água totalmente sem carga orgânica (exagerada até), se fala em um máximo de 10x o volume do aquário. no caso do exemplo, procuraria um skimmer para 1000 litros.
demais sistemas filtrantes, como bio balls e afins, não cabem neste tópico, pois exigem um conhecimento maior do assunto.
7.4 Rocha Viva: A filtragem oferecida pelas rochas vivas é essencial ao aquário, ali se alojam as bactérias que irão 'se livrar' de uma parte dos restos orgânicos em suspensão na agua. fala-se em 10 até 25%, em kg, do volume do aquário. Exemplo: aquário de 100 litros, usaria de 10 kg a 25 kg de rochas, em si o peso é utilizado por facilitar a conta, mas o volume também importa, já que há muita variação de peso entre uma rocha maciça e uma 'aerada'. fala-se também que o ideal é 1 kg de rocha a cada 5 litros d’água.

8 - Equipamentos: Onde Colocá-los?
8.1 Definição de SUMP: É o local que vai esconder quase todo o equipamento que você não irá querer no seu aquário, é um aquário à parte e geralmente feito para ser espaçoso e fácil de limpar, a água deve cair até ele por gravidade (em caso de sump embaixo), e, por consequência, ele deve suportar todo o volume de água que virá do aquário.
8.2 O Volume do sump também deve ser considerado para cálculos de reposição de elementos.
8.3 O aquecedor deve ser posto em local de grande circulação, assim como o sensor de temperatura, ou termômetro. (Porem esses equipamentos devem ficar o mais distante possíveis uns dos outros)
8.4 O Perlon, para atingir o máximo de eficiencia deve não estar imerso na água, e receber água de cima e através de um compartimento mais alto.

9 - Cuidados e Atenções
9.1 NÃO É NECESSÁRIO A INSTALAÇÃO DE REATORES (exceto os de iluminação), DOSADORAS ETC... NO INÍCIO DO PROCESSO. Recomenda-se fazer uso de reposição de elementos através de TPA (troca parcial de água) de 10% até 25%, dependendo da frequência. (recomendo o meio termo, 15 a 20% a cada 15 dias)
9.2 Reposição/Suplementação/Alimentação: Não dose nada sem um kit de teste, e não alimente os corais na fase inicial do aquário.
9.3 Repondo Cálcio e Alcalinidade: Nunca os dose sem testar AMBOS. de preferencia, acompanhe com teste de magnésio. AO AUMENTAR O CÁLCIO, A ALCALINIDADE DIMINUI. portanto, cuidado!
9.4 Efeito Sifão (para comunicação entre aquário e sump/refugio/mudário/qualquer sistema comunicado hidraulicamente): Quand houver desligamento da bomba de recalque (retorno) toda água do aquário até o nível do cano de retorno ,será sugada até o primeiro contato do cano de retorno com o ar. este volume irá rapidamente ao recipiente mais baixo, assim toda vez que instalado sistema hidráulico, deve-se simular a queda de energia, e posicionar a parte hidráulica do retorno ao ponto mais alto em posição que não sugue mais água que caiba no recipiente abaixo.
9.5 Corais sempre submersos: Simule queda de luz, desligando os aparelhos, confira se nenhum coral fica fora d’água, ao mesmo tempo, confira que não haja alagamento do seu piso.
9.6 Lave as mãos antes de tocar corais, de preferencia lave as mãos antes de fazer qualquer coisa no aquário, ENXAGUANDO BEM PARA RETIRAR O SABÃO.
9.7 É necessário haver SURFACE SKIMMING, em outras palavras, é preciso colher a nata que se cria na superfície de um aquário.

10 -Primeiras manutenções
10.1 . troca parcial de água. se voce fizer água em casa, com o uso de um densímetro confiável, mas de preferência um refratometro, deve oxigenar a água antes de a colocar onde haja animais vivos.
10.2 quando precisa repor elementos: somente quando, com testes confiáveis, detectar a necessidade. NUNCA DOSE NADA QUE NÃO TENHA TESTADO, E SAIBA QUANTO DOSAR.
10.3 shark bag e perlon devem ser lavados/trocados a cada tres dias. Não deve haver acúmulo de sujeira no sump.

Preço do Aquário.
Segue um exemplo do Amigo Augusto Carrera em 05/2012.

AQUARIO 150X40X50 C/ OVERFLOW...............R$ 500,00
CHILLER....................................................R$ 1.000,00 (questionável em locais frios)
MÓVEL FORMICADO.....................................R$ 800,00
SKIMMER BASSO 600L..................................R$ 550,00
LUMINÁRIA................................................R$ 200,00
6 LÂMPADAS T5 54W...................................R$ 180,00
3 REATORES T5 2X54W...............................R$ 300,00
SUMP......................................................R$ 300,00
BOMBA RECALQUE 2000L..............................R$ 150,00
2 BOMBAS CIRCULAÇÃO 3000L......................R$ 200,00
50KG ROCHAS VIVAS..................................R$ 450,00 (constuma ser mais caro)
60KG ARAGONITA.......................................R$ 240,00
TESTES...................................................R$ 400,00
TERMOMETRO............................................R$ 30,00 (os mais simples custam 4 reais +-)
TERMOSTATO............................................R$ 100,00 (varia também devido a clima onde voce mora, neste é um caso de local quente)
TEMPORAZADOR.........................................R$ 100,00
DENSÍMETRO.............................................R$ 50,00 NÃO RECOMENDO. PREFIRA REFRATOMETROS.
SAL SINTÉTICO..........................................R$ 160,00 (capaz de render +- 300 litros)
ALIMENTADOR AUTOMÁTICO.........................R$ 80,00 NÃO RECOMENDO, DEVIDO A ACIDENTES QUE PODEM SER FATAIS AOS ANIMAIS
FILTRO DEIONIZADOR..................................R$ 200,00
DIVERSOS..................................................R$ 500,00
TOTAL.....................................................R$ 6.490,00


Esperamos ter ajudado.


BRASILREEF
O seu fórum de aquarismo.

_________________
embora injúrias, insolências e insultos de todo gênero jorrem com inesgotável espontaneidade da alma humana, é infelizmente verdade que nem sempre nos vem à mente no momento exato o impropério mais bem-soante ou a ofensa mais pertinente
Schoppenhauer


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 14 Mai 2012, 17:34 
Offline
Citar mensagem
Pseudocheilinus hexataenia
Pseudocheilinus hexataenia
Avatar do usuário

Registrado em: 18 Jun 2009, 15:19
Mensagens: 55
Curtiu: 0 vez
Recebeu Curtir: 1 vez
Apelido: Dezim
Muito Bom !! icon_joia icon_joia

_________________
Forte Abraço !

Anderson "Dê"
Dezim
A esperança, a aiptásia e a sogra, são as últimas que morrem !!
--------------------------------------------------
Gosta de Cozinhar ? www.facebook.com/nacozinhadodezim


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: Guia ao iniciante em esquema. Início aquario Marinho
MensagemEnviado: 15 Mai 2012, 10:38 
Offline
Citar mensagem
Moderador
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: 15 Set 2010, 09:11
Mensagens: 7717
Localização: chapeco sc
Curtiu: 33 vezes
Recebeu Curtir: 69 vezes
Apelido: Ramon Brescovici
Cidade: chapeco
País: brasil
como ainda nao descobri como fazer, ou se posso apagar

favor alguem habilitado apagar este topico pois editei o texto e criei outro.
grato

_________________
embora injúrias, insolências e insultos de todo gênero jorrem com inesgotável espontaneidade da alma humana, é infelizmente verdade que nem sempre nos vem à mente no momento exato o impropério mais bem-soante ou a ofensa mais pertinente
Schoppenhauer


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Este tópico está trancado. Você não pode responder ou editar mensagens.  [ 12 mensagens ] 

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 33 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Tópicos Similares

Aquario funcionando com Painel Solar Fórum: Aquário Marinho Geral Autor: Carlos Nicow Respostas: 0
Novo Aquário - 450l - 1,50 x 0,60 x 0, 50. Fórum: Mostre seu Aquário Marinho Autor: Marcelo Jr Respostas: 12
VENDA DE AQUARIO PREÇO IMPERDIVEL Fórum: Classificado Geral Autor: Milton Silva Respostas: 0
Compro aquário de 160cm a 200cm Completo ! Fórum: Classificado Geral Autor: Guilherme Balsimelli Respostas: 1
Aquario com furo no fundo para Filtro Canister Fórum: Água Doce Geral Autor: RobertoDaniel Respostas: 1
Ir para:  




Powered by phpBB © 2008 phpBB Group | Traduzido por: Suporte phpBB
subSilver+ theme by Canver Software, sponsor Sanal Modifiye

Modificado por Micael Borin Martins